rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Presidente da ARS Algarve IP sublinha importância dos Cuidados Continuados Integrados na Região

O Presidente do Conselho Diretivo da Administração Regional de Saúde do Algarve, Dr. Moura Reis, presidiu a sessão de abertura do simpósio «Cuidados Continuados – intervenção multidisciplinar», realizado no dia 25 de janeiro de 2014, na Escola Superior de Saúde Jean Piaget, cujo enfoque esteve na integração dos profissionais de terapia ocupacional nas equipas.

No seu discurso inaugural, o Presidente do Conselho Diretivo da ARS Algarve reiterou a «resposta fundamental e adequada» que os Cuidados Continuados Integrados constituem no atual contexto social que o país atravessa, tendo atualmente o Algarve «um total de 497 camas de internamento divididas pelas diversas tipologias destinadas a cuidados continuados a pessoas dependentes».

O dirigente realçou que o Algarve, entre 2006 e 2012, foi a «Região do país que deu resposta a maior percentagem da sua população no grupo etário com idade igual ou superior a 65 anos», tendo prestado assistência a um «total de 15 537 utentes».

O Algarve conta atualmente com 32 equipas multidisciplinares (sendo uma delas de suporte em cuidados paliativos), distribuídas pelas Unidades de Cuidados na Comunidade dos 3 Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) (Barlavento, Central e Sotavento), que abrangem todo o território e prestam cuidados em todos os Concelhos da Região.

Destacando o papel «essencial» destas equipas, Dr. Moura Reis sublinhou ainda a importância deste trabalho efetuado pelos profissionais de saúde no terreno para que os utentes recebam os cuidados de saúde «tão perto quanto humanamente possível».

«Os profissionais de saúde que integram estas Equipas de Cuidados Continuados Integrados são o principal pilar e a garantia para realizar, da melhor forma, o apoio e a prestação de cuidados e manutenção no domicílio das pessoas com perda de funcionalidade, ou em risco de a perder», disse, continuando: «A Rede tem muito a agradecer e deve o seu sucesso a todos estes profissionais. Criam laços com os utentes e fazem toda a diferença no dia-a-dia dos utentes.»

A sessão de abertura do simpósio contou ainda com a presença da Diretora da Escola Superior de Saúde Jean Piaget (Algarve), Dra. Ana Maria Almeida, do Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Silves, Dr. José Manuel Gonçalves, da Presidente da Associação Portuguesa de Terapia Ocupacional (APTO) e do Coordenador de Terapia Ocupacional, António Duarte.

De referir que no decorrer do Simpósio participaram diversos profissionais de saúde que integram as equipas de cuidados continuados integrados do Algarve que trocaram experiências e abordaram o trabalho desenvolvido ao longo dos últimos anos na RNCCI na Região.

Simpósio «Cuidados Continuados - intervenção multidisciplinar»
Voltar
RSE - Area Cidadão