Apoio Psicológico a utentes e profissionais covid -19
banner_receitas poéticas
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_verao&saude_sns
banner_vacinacao_covid
covid_regras_2
banner_GABINETESAUDEMENTAL_covid19_3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Profissionais de Saúde do ACES Central realizam ação de responsabilidade social «Troque um Alimento por um Sorriso Genuíno!!!»

A ARS Algarve realiza, no dia 17 e 18 de outubro, uma ação de responsabilidade social, através do Serviço Social do Agrupamento dos Centros de Saúde (ACES) Central, inserida no âmbito das comemorações o Dia Internacional para Erradicação da Pobreza, em prol do Banco Alimentar Contra a Fome do Algarve.

 

O Serviço Social do ACES dinamiza durante dois dias uma Campanha de Doação de Géneros Alimentares, intitulada «Troque um Alimento por um Sorriso Genuíno!!!», junto de todos os profissionais do ACES Central, para que ofereçam um género alimentar ao Banco Alimentar Contra a Fome do Algarve.

 

Atendendo a que a pobreza é uma violação dos direitos humanos e que a Assembleia Geral das Nações Unidas declarou o dia 17 de Outubro como o Dia Internacional para Erradicação da Pobreza, convidando todos os países a dedicar o Dia Internacional à apresentação e promoção, de atividades concretas no âmbito da erradicação da pobreza e indigência, o Serviço Social do ACES, apela aos valores da partilha e da responsabilidade social nesta Campanha de Doação de Géneros Alimentares, junto de todos os Profissionais do ACES.

 

Cada profissional dará o alimento que entender, desde que este seja de fácil armazenamento e conservação, (enlatados; massas; arroz; cereais; leguminosas secas).

 

A operacionalização desta Campanha caberá aos Assistentes Sociais de cada Centro de Saúde, que no final do dia 18 de Outubro irão fazer a entrega dos géneros recolhidos ao Banco Alimentar do Algarve, com sede em Faro.

 

Esta Campanha vem reforçar o artigo 25 da Declaração Universal dos Direitos Humanos:

«Toda a pessoa tem direito a um nível de vida suficiente para lhe assegurar e à sua família a saúde e o bem-estar, principalmente quanto à alimentação, ao vestuário, ao alojamento, à assistência médica e ainda quanto aos serviços sociais necessários, e tem direito à segurança no desemprego, na doença, na invalidez, na viuvez, na velhice ou noutros casos de perda de meios de subsistência por circunstâncias independentes da sua vontade.»

Todo ser humano tem:

o direito de estar livre da fome;

o direito à alimentação adequada;

o direito à água potável, limpa e segura.

 

A ARS Algarve realiza, no dia 17 e 18 de outubro, uma ação de responsabilidade social, através do Serviço Social do Agrupamento dos Centros de Saúde (ACES) Central, inserida no âmbito das comemorações o Dia Internacional para Erradicação da Pobreza, em prol do Banco Alimentar Contra a Fome do Algarve.

 

O Serviço Social do ACES dinamiza durante dois dias uma Campanha de Doação de Géneros Alimentares, intitulada «Troque um Alimento por um Sorriso Genuíno!!!», junto de todos os profissionais do ACES Central, para que ofereçam um género alimentar ao Banco Alimentar Contra a Fome do Algarve.

 

Atendendo a que a pobreza é uma violação dos direitos humanos e que a Assembleia Geral das Nações Unidas declarou o dia 17 de Outubro como o Dia Internacional para Erradicação da Pobreza, convidando todos os países a dedicar o Dia Internacional à apresentação e promoção, de atividades concretas no âmbito da erradicação da pobreza e indigência, o Serviço Social do ACES, apela aos valores da partilha e da responsabilidade social nesta Campanha de Doação de Géneros Alimentares, junto de todos os Profissionais do ACES.

 

Cada profissional dará o alimento que entender, desde que este seja de fácil armazenamento e conservação, (enlatados; massas; arroz; cereais; leguminosas secas).

 

A operacionalização desta Campanha caberá aos Assistentes Sociais de cada Centro de Saúde, que no final do dia 18 de Outubro irão fazer a entrega dos géneros recolhidos ao Banco Alimentar do Algarve, com sede em Faro.

 

Esta Campanha vem reforçar o artigo 25 da Declaração Universal dos Direitos Humanos:

«Toda a pessoa tem direito a um nível de vida suficiente para lhe assegurar e à sua família a saúde e o bem-estar, principalmente quanto à alimentação, ao vestuário, ao alojamento, à assistência médica e ainda quanto aos serviços sociais necessários, e tem direito à segurança no desemprego, na doença, na invalidez, na viuvez, na velhice ou noutros casos de perda de meios de subsistência por circunstâncias independentes da sua vontade.»

Todo ser humano tem:

o direito de estar livre da fome;

o direito à alimentação adequada;

o direito à água potável, limpa e segura.

 

Voltar
RSE - Area Cidadão