rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Programa ADIS/SIDA – Candidaturas para projectos a iniciar em 2012

Encontra-se a decorrer de 3 de Maio a 3 de Junho de 2011 o período de candidaturas para o Programa de Financiamento de Projectos e Acções no âmbito do Programa Nacional de Prevenção e Controlo da Infecção VIH/sida 2007-2010, nos termos do artigo 11º do Regulamento do Programa ADIS, publicado em Diário da República através da Portaria n.º 1584/2007 de 13 de Dezembro de 2007.

 

Este Programa tem como objectivo o financiamento de projectos e acções no âmbito da prevenção e controlo da Infecção VIH/Sida, que respondam a prioridades definidas anualmente (Artigo 2º do Regulamento do Programa), desenvolvidos por organizações da sociedade civil, podendo candidatar-se pessoas colectivas privadas sem fins lucrativos que, no âmbito da prevenção da infecção por VIH/sida, actuem nas áreas da saúde e/ou da solidariedade social.

 

A definição das áreas prioritárias de financiamento tem subjacente a aposta em iniciativas de carácter inovador (projectos que respondam a necessidades que não estejam abrangidas por respostas formais ou pelos projectos em vigor financiados através deste Programa ou outros inscritos no Decreto-Lei n.º 186/2006 de 12 de Setembro). Sustenta-se num processo de consulta às Administrações Regionais de Saúde, ao Fórum Nacional da Sociedade Civil para a Infecção VIH/sida e a outras organizações governamentais e não governamentais responsáveis por intervenções em áreas relacionadas com a infecção VIH/sida.

 

A decisão final sobre as áreas prioritárias é da responsabilidade da CNSIDA.

 

Para 2012, serão financiados projectos:

– Que disponibilizem apoio residencial, apoio domiciliário e apoio psicossocial às pessoas que vivem com a infecção VIH;

– Que assegurem às populações mais vulneráveis com dificuldades de acesso aos serviços formais de saúde, o acesso ao aconselhamento, a detecção da infecção VIH, outras IST e hepatites víricas e a referenciação de acordo com as recomendações nacionais;

– Que quantifiquem e descrevam os determinantes da infecção na população Imigrante e, adicionalmente, promovam iniciativas tendo como finalidade a prevenção da infecção nessa população;

– Que promovam o acesso a meios de prevenção, diagnóstico da infecção VIH, outras IST e hepatites víricas e de redução de riscos e minimização de danos em contexto prisional.

 

A apresentação de candidaturas faz-se via Internet, em formulário disponível no sítio oficial da Coordenação Nacional para a Infecção VIH/sida (http://www.sida.pt/default.aspx).

Encontra-se a decorrer de 3 de Maio a 3 de Junho de 2011 o período de candidaturas para o Programa de Financiamento de Projectos e Acções no âmbito do Programa Nacional de Prevenção e Controlo da Infecção VIH/sida 2007-2010, nos termos do artigo 11º do Regulamento do Programa ADIS, publicado em Diário da República através da Portaria n.º 1584/2007 de 13 de Dezembro de 2007.

 

Este Programa tem como objectivo o financiamento de projectos e acções no âmbito da prevenção e controlo da Infecção VIH/Sida, que respondam a prioridades definidas anualmente (Artigo 2º do Regulamento do Programa), desenvolvidos por organizações da sociedade civil, podendo candidatar-se pessoas colectivas privadas sem fins lucrativos que, no âmbito da prevenção da infecção por VIH/sida, actuem nas áreas da saúde e/ou da solidariedade social.

 

A definição das áreas prioritárias de financiamento tem subjacente a aposta em iniciativas de carácter inovador (projectos que respondam a necessidades que não estejam abrangidas por respostas formais ou pelos projectos em vigor financiados através deste Programa ou outros inscritos no Decreto-Lei n.º 186/2006 de 12 de Setembro). Sustenta-se num processo de consulta às Administrações Regionais de Saúde, ao Fórum Nacional da Sociedade Civil para a Infecção VIH/sida e a outras organizações governamentais e não governamentais responsáveis por intervenções em áreas relacionadas com a infecção VIH/sida.

 

A decisão final sobre as áreas prioritárias é da responsabilidade da CNSIDA.

 

Para 2012, serão financiados projectos:

– Que disponibilizem apoio residencial, apoio domiciliário e apoio psicossocial às pessoas que vivem com a infecção VIH;

– Que assegurem às populações mais vulneráveis com dificuldades de acesso aos serviços formais de saúde, o acesso ao aconselhamento, a detecção da infecção VIH, outras IST e hepatites víricas e a referenciação de acordo com as recomendações nacionais;

– Que quantifiquem e descrevam os determinantes da infecção na população Imigrante e, adicionalmente, promovam iniciativas tendo como finalidade a prevenção da infecção nessa população;

– Que promovam o acesso a meios de prevenção, diagnóstico da infecção VIH, outras IST e hepatites víricas e de redução de riscos e minimização de danos em contexto prisional.

 

A apresentação de candidaturas faz-se via Internet, em formulário disponível no sítio oficial da Coordenação Nacional para a Infecção VIH/sida (http://www.sida.pt/default.aspx).

Voltar
RSE - Area Cidadão