rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Programa de Combate à Obesidade Infantil na Região do Algarve apresentado no 12º Congresso Português de Obesidade

imagem

O Programa de Combate à Obesidade Infantil na Região do Algarve: Intervenção comunitária foi apresentado pela Dra Teresa Sancho, Nutricionista da ARS Algarve,IP e uma das coordenadoras do Programa, no 12º Congresso Português de Obesidade, que decorreu em Aveiro entre 20 e 22 de Novembro.

imagem

O Programa de Combate à Obesidade Infantil na Região do Algarve: Intervenção comunitária foi apresentado pela Dra Teresa Sancho, Nutricionista da ARS Algarve,IP e uma das coordenadoras do Programa, no 12º Congresso Português de Obesidade, que decorreu em Aveiro entre 20 e 22 de Novembro.

  

Sob o lema «Velhos Problemas, Novas Pontes», o evento organizado pela Sociedade Portuguesa para o Estudo da Obesidade contou com a presença de médicos, nutricionistas, dietistas, fisiologistas do exercício e professores de educação física, psicólogos, sociólogos, farmacêuticos, enfermeiros e autarcas com o objectivo de analisar o conhecimento científico para compreender a obesidade e as medidas indispensáveis para a combater.

 

imagemNo âmbito do combate à obesidade infantil, a ARS Algarve,IP, representada pela Nutricionista Dra Teresa Sancho, apresentou uma comunicação onde traçou um retrato da implementação do Programa de Combate à Obesidade Infantil na Região do Algarve, o qual motivou grande interesse por parte dos participantes no evento, dado ser o único trabalho com abrangência regional, em intervenção comunitária na obesidade infantil, existente até ao momento no país.

 

 

De referir que, o Programa de Combate à Obesidade Infantil na Região do Algarve surgiu em 2005, tendo sido celebrado em 2006 um protocolo de colaboração entre a Administração Regional de Saúde do Algarve e a Universidade do Algarve, envolvendo também o Hospital de Faro, o Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio, a Direcção Regional de Educação do Algarve (DREA), a Grande Área Metropolitana do Algarve (AMAL), e nove Câmaras Municipais da região. Em 2007, foi realizado um aditamento ao protocolo com a entrada das restantes câmaras municipais.

 

imagemO Programa desenvolveu-se, na 1ª fase, com a execução e apresentação dos resultados do Estudo de Prevalência da Pré – Obesidade Infantil na região do Algarve. Prosseguindo na 2ª fase com a realização de um conjunto de acções concertadas e articuladas por diversas instituições da região, nomeadamente: realizar acções de formação com profissinais de saúde e acções de sensibilização com profissionais de educação melhorar a qualidade nutricional das refeições em todos os estabelecimentos de educação da rede pública do Algarve, quer em termos qualitativos quer em termos quantitativos; sensibilizar os responsáveis pela decisão das opções alimentares para as merendas escolares subvencionadas pelo Estado; conseguir a criação de instalações desportivas e recreativas e/ou melhoria das existentes, sensibilização da comunidade escolar para a prática de uma alimentação saudável e de actividade física regular, bem como a detecção e acompanhamento multidisciplinar de casos de pré-obesidade e obesidade em crianças e adolescentes.

 

 

Consultar : Apresentação  – Programa de Combate à Obesidade Infantil na Região do Algarve: Intervenção comunitária –  12º Congresso Português de Obesidade, Aveiro, 21 de Novembro de 2008

imagem
Voltar
RSE - Area Cidadão