rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Programa de Rastreio e Tratamento da Retinopatia Diabética do Algarve registou taxa de adesão de 70% no ano de 2008

imagem

Mais de 7 mil utentes diabéticos da região do Algarve foram rastreados durante o ano de 2008 no âmbito Programa de Rastreio e Tratamento da Retinopatia Diabética do Algarve, dos quais 1 411 foram encaminhados para tratamento de retinopatias, segundo os resultados divulgados esta segunda -feira, 20 de Abril, numa sessão pública que decorreu no auditório da Biblioteca Municipal de Faro.

imagem

Mais de 7 mil utentes diabéticos da região do Algarve foram rastreados durante o ano de 2008 no âmbito Programa de Rastreio e Tratamento da Retinopatia Diabética do Algarve, dos quais 1 411 foram encaminhados para tratamento de retinopatias, segundo os resultados divulgados esta segunda -feira, 20 de Abril, numa sessão pública que decorreu no auditório da Biblioteca Municipal de Faro.

 

 

 

Dos 10 832 utentes diabéticos convocados para realizarem o rastreio compareceram 7 598, registando-se uma taxa de adesão de 70% a nível regional, de acordo com os resultados apresentados pelo Director do Departamento de Contratualização da ARS Algarve, IP, Dr. José Carlos Queimado durante a sessão que contou com a presença do Coordenador do Programa Nacional de Prevenção e Controlo da Diabetes, Dr. José Manuel Boavida, do Coordenador Regional do Programa de Prevenção e Controlo da Diabetes, Dr. Carlos Godinho, do Presidente da ARS Algarve,IP, Dr. Rui Lourenço, dos Conselhos de Administração do Hospital de Faro e do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio e do Presidente da Associação Protectora dos Diabéticos Portugueses, Dr. Luís Gardette

 

 

imagem

O programa de Rastreio e Tratamento da Retinopatia Diabética teve o seu início no ano 2000, e no seu âmbito têm sido efectuadas retinografias aos diabéticos registados nos Centros de Saúde do Algarve.

 

Em Dezembro de 2008 encontravam-se registados nos Centros de Saúde do Algarve 18.937 utentes com diagnóstico de Diabetes, o que significa uma prevalência de 3,8 diabéticos por 100 inscritos, considerando os 505.681 utentes inscritos no SINUS em Dezembro 2008, e de 4,4 diabéticos por 100 residentes, tendo em conta os 426.386 residentes estimados pelo INE 31/12/2007 para a região do Algarve.

 

 

No âmbito do Programa de Rastreio e Tratamento da Retinopatia Diabética, a ARS Algarve estabeleceu no ano de 2008 novos Protocolos com os dois Hospitais da Região de Saúde do Algarve, o Hospital de Faro e o Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio. Os referidos Protocolos separam a componente do rastreio dos utentes diabéticos, cuja responsabilidade financeira é da ARS Algarve, do tratamento das retinopatias detectadas em sede de rastreio, cuja responsabilidade financeira é da ACSS, IP, ao abrigo do respectivo Programa Específico incluído nos Contratos-Programa 2007/2009 dos Hospitais do SNS.

 

 

imagem

No ano de 2008 o Rastreio iniciou-se no mês de Janeiro na área de influência do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio, tendo começado em Setembro no Hospital de Faro, após esta unidade ter estabelecido um protocolo para a realização do referido protocolo com a Associação Portuguesa dos Diabéticos de Portugal.

 

Na sequência dos protocolos celebrados entre a ARS Algarve e os dois Hospitais, foi contratualizado o número de retinopatias (entendidas como doentes a rastrear) a realizar por cada um dos Hospitais durante o ano 2008, num total de 8.000.  Desta forma, a taxa de execução em 2008 atingiu os 95% a nível regional, dos objectivos contratualizados.

 

Os doentes rastreados a quem foram diagnosticadas retinopatias, foram encaminhados para tratamento nos dois Hospitais, sendo tratados por laserterapia. Assim entre Janeiro e Dezembro de 2008, 1.411 utentes diabéticos foram encaminhados para tratamento de retinopatias, isto é, 19% do total de diabéticos rastreados, dos quais, 863 já concluíram o respectivo tratamento, ou seja, cerca de 61% do total de diabéticos encaminhados para tratamento.

 

 

Consultar : imagemApresentação dos Resultados do ano de 2008 Programa de Rastreio e Tratamento da Retinopatia Diabética – 20 de Abril de 2009 – Auditório da Biblioteca Municipal de Faro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

imagem
Voltar
RSE - Area Cidadão