TESTES ANTIGÉNIO

farmácias aderentes

previous arrow
next arrow
Slider

Programa Nacional de Prevenção da Violência no Ciclo de Vida da Direção-Geral da Saúde divulga Resumo Atividade 1ª fase COVID-19 da Rede Nacional NACJR/EPVA

O Programa Nacional de Prevenção da Violência no Ciclo de Vida da Direção-Geral da Saúde desenvolveu um questionário online para avaliação extraordinária de monitorização da atividade da Rede de Equipas Núcleos de Apoio a Crianças e Jovens em Risco, Núcleos Hospitalares de Apoio a Crianças e Jovens em Risco e Equipas de Prevenção da Violência em Adultos (NACJR/NHACJR/EPVA) em fase pandémica, referente ao período de março a junho de 2020.

O objetivo deste questionário foi avaliar as perceções, recursos e atividades assim como os respetivos constrangimentos ao trabalho destas equipas durante esta fase da pandemia por COVID-19.

Com a recolha e análise destes dados, referentes ao período de 13 de março a 30 de junho de 2020, o Programa Nacional de Prevenção da Violência no Ciclo de Vida – PNPVCV da Direção-Geral da Saúde procura reforçar a visibilidade e crucialidade do trabalho destas equipas dentro dos serviços de saúde, assim como estabelecer mecanismos futuros de organização da atividade em contextos idênticos tendo em vista a melhoria das boas práticas.

Durante este período foi possível constatar que a pandemia por COVID-19 criou verdadeiros desafios ao SNS/Serviço Regional de Saúde dos Açores (SRS) e às diversas equipas nas formas de intervenção, obrigando de forma repentina a ajustar as práticas para que fosse possível manter o foco na continuidade das respostas às famílias e crianças e prevenir situações de desigualdades, maus tratos e violência.

Entre as principais conclusões, destacam-se as seguintes:

  • 60% de taxa de respostas das Equipas
  • Maioria das equipas com disponibilidade total ou parcial, registando diferenças na sua atuação durante este período
  • 5466 casos acompanhados: 4435 crianças (81%) e 1031 pessoas adultas (19%)
  • Novas sinalizações:2084 – 1625 crianças (78%); 459 pessoas adultas (22%)
  • Principais tipologias de Violência sinalizadas: crianças, negligência/privação; pessoas adultas, maus tratos/violência física
  • Maioria das sinalizações relacionadas com violência doméstica em contexto familiar e/ou em relações de intimidade

Consultar: Rede Nacional NACJR/EPVA – Resumo Atividade 1ª fase COVID-19 

Fonte e mais informações:  DGS

Voltar
RSE - Area Cidadão
Phasellus dictum ultricies dapibus at libero diam leo. sem, id,