rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Rede de Referenciação/Articulação no âmbito dos Comportamentos Aditivos e das Dependências apresentada em Coimbra

A Rede de Referenciação/Articulação no âmbito dos Comportamentos Aditivos e das Dependências foi apresentada publicamente esta quinta-feira, 26 de setembro, pelo Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (SICAD), pela Direção-Geral da Saúde e pelas cinco Administrações Regionais de Saúde (ARS).

A Reunião decorreu no auditório dos Hospitais da Universidade de Coimbra e contou com a presença do Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, Dr. Leal da Costa e dos representantes das entidades de Saúde nacionais e regionais.

Esta nova Rede de Referenciação/articulação pretende constituir-se como um instrumento que regule e promova o acesso dos doentes aos cuidados e serviços de que efetivamente necessitam, no tratamento dos comportamentos aditivos e das dependências, bem como sustentar o sistema integrado de informação interinstitucional, de complementaridade e de apoio técnico entre as entidades intervenientes.

Assim sendo, a nova Rede de Referência/Articulação, aprovada por despacho do Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, e que contou contributos do grupo de trabalho constituído por elementos do SICAD, da DGS e das cinco ARS, tem como principais objetivos:

– Definir, numa lógica de proximidade dos cuidados de saúde e de acessibilidade dos cidadãos aos mesmos, uma arquitetura dinâmica de respostas, que permita garantir a qualidade na prestação de cuidados de saúde, no âmbito dos consumos aditivos e nas dependências;

 – Estruturar, por níveis diferenciados de intervenção, a articulação entre os Cuidados de Saúde Primários, as Equipas Técnicas Especializadas na intervenção em CAD, os Serviços Locais de Saúde Mental (de Adultos e da Infância e Adolescência), as intervenções no âmbito da Cessação Tabágica, as Estruturas de Especialidades Médico-Cirúrgicas Hospitalares, as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) / Organizações Não Governamentais (ONG) [predominantemente ao nível do Tratamento em Comunidade Terapêutica (CT) e no domínio da Redução de Riscos e Minimização de Danos (RRMD)] e Comissões para a Dissuasão da Toxicodependência (CDT), entre outros;

– Garantir a interação / articulação entre os serviços que atendem cidadãos com comportamentos aditivos e dependências, desde a deteção precoce até à abordagem mais diferenciada. Esta articulação deverá ser sustentada por um sistema integrado de informação interinstitucional.

Consultar:

imagemRede de Referenciação / Articulação no âmbito dos comportamentos aditivos e das dependências (documento integral)

imagemFluxograma da Rede de Referenciação / Articulação da Região do Algarve

Voltar
RSE - Area Cidadão