rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Remodelações físicas e funcionais em curso no Serviço de Urgência do CHBA

O Serviço de Urgência do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio, EPE – Portimão encontra-se numa fase de reestruturação e ampliação.

A nova ala física do Serviço de Urgência de Adultos já se encontra concluída, pelo que, para ser levada a cabo a 2º fase de reestruturação e obras da ala antiga (onde funciona actualmente a urgência) será efectuada uma mudança temporária de todo o serviço para a nova ala supra mencionada. A segunda fase decorrerá a partir de dia 25 de Agosto (2ª Feira), sendo imprescindível a melhor compreensão e colaboração de todos os utentes, para o seguinte contexto:

  

1. Um espaço físico novo mas mais exíguo (que inclui uma sala de espera exterior com menos espaço);

 

2. Uma (re)organização temporária do Serviço por forma a adaptar-se a esta realidade estrutural;

 

3. Possíveis perturbações causadas pelas obras a serem efectuadas.

 

 

Para que as obras de melhoria decorram, o mais possível, dentro da normalidade deverá existir a máxima articulação entre os profissionais e saúde e os utentes, no sentido da melhor compreensão para a situação temporária e todos os inconvenientes que possam daí advir.

 

Mais informações: Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio

O Serviço de Urgência do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio, EPE – Portimão encontra-se numa fase de reestruturação e ampliação.

A nova ala física do Serviço de Urgência de Adultos já se encontra concluída, pelo que, para ser levada a cabo a 2º fase de reestruturação e obras da ala antiga (onde funciona actualmente a urgência) será efectuada uma mudança temporária de todo o serviço para a nova ala supra mencionada. A segunda fase decorrerá a partir de dia 25 de Agosto (2ª Feira), sendo imprescindível a melhor compreensão e colaboração de todos os utentes, para o seguinte contexto:

  

1. Um espaço físico novo mas mais exíguo (que inclui uma sala de espera exterior com menos espaço);

 

2. Uma (re)organização temporária do Serviço por forma a adaptar-se a esta realidade estrutural;

 

3. Possíveis perturbações causadas pelas obras a serem efectuadas.

 

 

Para que as obras de melhoria decorram, o mais possível, dentro da normalidade deverá existir a máxima articulação entre os profissionais e saúde e os utentes, no sentido da melhor compreensão para a situação temporária e todos os inconvenientes que possam daí advir.

 

Mais informações: Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio

Voltar
RSE - Area Cidadão