rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Resultados do Rastreio do Cancro da Mama no Algarve apresentados no Hospital de Faro EPE

coordenador_regional_do_rastreio_do_cancro_da_mama_do_algarve_dr_mariano_ayala.jpg 

A Administração Regional de Saúde do Algarve, I.P. realizou no dia 28 de Outubro, no Auditório do Hospital de Faro EPE, uma apresentação pública dos resultados obtidos no âmbito do Programa do Rastreio do Cancro da Mama no Algarve, com a presença do Presidente do Conselho Directivo da ARS Algarve, I.P., Dr. Rui Lourenço e do Coordenador Regional do Programa do Rastreio do Cancro da Mama, Dr. Mariano Ayala.

coordenador_regional_do_rastreio_do_cancro_da_mama_do_algarve_dr_mariano_ayala.jpg 

A Administração Regional de Saúde do Algarve, I.P. realizou no dia 28 de Outubro, no Auditório do Hospital de Faro EPE, uma apresentação pública dos resultados obtidos no âmbito do Programa do Rastreio do Cancro da Mama no Algarve, com a presença do Presidente do Conselho Directivo da ARS Algarve, I.P., Dr. Rui Lourenço e do Coordenador Regional do Programa do Rastreio do Cancro da Mama, Dr. Mariano Ayala.

 

O Rastreio do Cancro da Mama do Algarve teve início em Setembro de 2005 e tem como público-alvo as mulheres residentes na região, com idades entre os 50 e os 67 anos. Até à data foram realizadas 26.203 mamografias sendo diagnosticados e tratados 4 cancros por cada 1.000 mamografias realizadas.

 drlagoa.jpg

Uma das principais estratégias para combater o cancro da mama é antecipar o diagnóstico mediante o rastreio por mamografia a partir dos cinquenta anos de idade. No Algarve o rastreio resulta duma parceria entre a Administração Regional de Saúde do Algarve, IP e a Associação Oncológica do Algarve. As mulheres são convocadas por carta personalizada para fazerem uma mamografia digital a cada dois anos. Uma unidade móvel dotada de mamógrafo digital vai percorrendo os concelhos cada dois anos. As mamografias são posteriormente interpretadas por dois radiologistas com ampla experiência na área.

 dragabrielavalades.jpg

Na segunda volta, em curso desde Fevereiro de 2008, aderiram 61% das mulheres convocadas o que representa um incremento do 16% respeito da primeira. Estes valores situam o Algarve entre as regiões com melhores indicadores de funcionamento a nível nacional na área do diagnóstico precoce do cancro da mama.

 drsantospereira.jpg

O Rastreio do Cancro da Mama do Algarve ganhou recentemente o primeiro prémio «Hospital do Futuro 2007-2008: parcerias em saúde» entre 178 candidaturas apresentadas por algumas das mais prestigiosas instituições na área.

 

Os Prémios «Hospital do Futuro», atribuídos desde 2004/2005, são uma iniciativa conjunta do Fórum Hospital do Futuro e das organizações apoiantes e patrocinadoras, tendo como objectivo destacar e galardoar as pessoas e organizações que mais contribuíram, em cada ano, para o desenvolvimento das organizações da Saúde em Portugal, nomeadamente na promoção e dinamização de projectos de utilidade pública no âmbito da sua contribuição para o combate à doença e /ou da promoção de saúde, aplicação das novas tecnologias de informação, entre outras. Na edição de 2007/2008, os Prémios Hospital do Futuro receberam 178 projectos a concurso, de um total de 84 organizações do sector da saúde.

 apresentacao_outubro_2008.jpg

O cancro da mama é o mais frequente nas mulheres dos países ricos. No Algarve são diagnosticadas cada ano 175 mulheres e registam-se 70 óbitos por esta causa (em Portugal ≈ 4.400 casos e 1.500 mortes).

 

Até Janeiro de 2008 foram diagnosticados 73 casos de cancro, estimando-se cerca de 90 casos até à data presente. Sendo diagnosticados anualmente na região do Algarve 175 mulheres com cancro da mama e registam-se 70 óbitos por esta causa (em Portugal ≈ 4.400 casos e 1.500 mortes).

 

Sendo o tempo de diagnóstico e o processo de tratamento cada vez mais rápido, a maioria das mulheres no Algarve já demonstram grande confiança no método de rastreio pouco doloroso.

 

 

O rastreio do cancro da mama está actualmente a decorrer no Centro de Saúde de Loulé, continuando nesse estabelecimento de saúde até ao dia 5 de Dezembro.

coordenador_regional_do_rastreio_do_cancro_da_mama_do_algarve_dr_mariano_ayala.jpg
Voltar
RSE - Area Cidadão