Apoio Psicológico a utentes e profissionais covid -19
banner_receitas poéticas
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_verao&saude_sns
banner_vacinacao_covid
covid_regras_2
banner_GABINETESAUDEMENTAL_covid19_3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Socorro às ilhas-barreira reforçado com ambulância do INEM

imagem

O Instituto Nacional de Emergência Médica, IP  assinou a 16 de Dezembro um protocolo de cooperação com a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Faro para a constituição de um posto de emergência médica (PEM). O novo posto integra a embarcação Ria Solidária e uma ambulância de socorro. A Governadora Civil de Faro, Dra Isilda Gomes, que presidiu à cerimónia de constituição do Posto de Emergência Médica, realizada no Salão Nobre, considerou que a criação deste Posto de Emergência Médica constitui um passo decisivo para o reforço da segurança e bem-estar das populações, na região algarvia.

imagem

O Instituto Nacional de Emergência Médica, IP  assinou a 16 de Dezembro um protocolo de cooperação com a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Faro para a constituição de um posto de emergência médica (PEM). O novo posto integra a embarcação Ria Solidária e uma ambulância de socorro. A Governadora Civil de Faro, Dra Isilda Gomes, que presidiu à cerimónia de constituição do Posto de Emergência Médica, realizada no Salão Nobre, considerou que a criação deste Posto de Emergência Médica constitui um passo decisivo para o reforço da segurança e bem-estar das populações, na região algarvia.

A Dra Isilda Gomes salientou a importância da participação do INEM no projecto «Ria Solidária», lançado pelo Governo Civil de Faro em Junho deste ano, o qual tem merecido um forte apoio por parte de vários parceiros, nomeadamente Autoridade Nacional de Protecção Civil, Associação Humanitária dos BV de Faro e Câmara Municipal de Faro.

«Para que este projecto pudesse atingir os níveis de qualidade a que nos propusemos, faltava-nos um elo muito importante. O INEM é um parceiro fundamental para consagrar o socorro e a assistência médica às populações das ilhas, com total segurança e eficácia», realçou a Governadora Civil, observando que, ao desenvolverem esforços no sentido de se associar ao projecto, tanto a delegada regional como o presidente do Conselho Directivo do INEM, demonstraram a séria preocupação das entidades responsáveis por assegurar respostas às necessidades dos cidadãos.

O PEM, instalado nos BV de Faro, integra a embarcação «Ria Solidária» e uma ambulância de socorro do INEM, a qual será requisitada através do Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU). A nova viatura está equipada com Desfibrilhador Automático Externo, sendo tripulada por bombeiros formados em técnicas de emergência médica.

A criação deste posto permitirá assegurar o carácter ininterrupto do serviço de emergência na Ria Formosa e aumentar a eficácia da assistência pré-hospitalar aos doentes transportados por via marítima.

Frisando o facto de o Algarve ser uma região turística por excelência, a Dra Isilda Gomes realçou a necessidade de estarem garantidas as condições de segurança de pessoas e bens numa perspectiva de manutenção da economia e competitividade regionais, tendo considerado essa «uma responsabilidade que cabe aos poderes públicos».

«Hoje assumimos todos essa responsabilidade, dando mais um grande passo para aumentar a nossa capacidade de resposta a quem precisa de auxílio. E confio plenamente no Corpo de Bombeiros Voluntários de Faro para desempenhar com superior qualidade o seu trabalho», sublinhou a Governadora Civil.

Durante a cerimónia de assinatura do protocolo, o presidente do Conselho Directivo do INEM, Dr Abílio Gomes, elogiou por sua vez o carácter inovador da embarcação «Ria Solidária», tendo reconhecido que a participação do Instituto no projecto, constitui uma «oportunidade soberana para fazer escola», no que concerne aos modelos defendidos paras os PEM.

«O INEM pretende que todos os postos de emergência médica reproduzam um modelo de qualidade semelhante ao de todas as ambulância do instituto, tendo em conta que fazemos todos parte do sistema integrado de emergência médica», referiu o Dr Abílio Gomes, manifestando a total disponibilidade do INEM para apoiar iniciativas que visem melhorar a qualidade do socorro aos cidadãos.

De referir que a criação do posto de emergência médica, que operará a partir dos Bombeiros Voluntários de Faro, surge na sequência do projecto Ria Solidária, uma embarcação com características de ambulância lançada pelo Governo Civil de Faro, em Junho deste ano, com vista ao socorro e transporte de doentes ou sinistrados com mobilidade reduzida, bem como primeira intervenção no combate a incêndios.

A Ria Solidária, que opera com tripulação constituída por elementos dos Bombeiros Voluntários, serve sobretudo as populações das ilhas-barreira da Ria Formosa, estando adaptada para acções no âmbito da intervenção dos Bombeiros e da Autoridade Nacional de Protecção Civil e operações de socorro no mar ou de fiscalização da Autoridade Marítima, bem como noutras valências desenvolvidas por organismos e serviços regionais.

No âmbito do protocolo, o INEM cede aos Bombeiros Voluntários de Faro uma ambulância de socorro devidamente equipada, que funcionará em articulação com a embarcação Ria Solidária, assegurando assim o carácter ininterrupto deste serviço e permitindo aumentar a eficácia da assistência pré-hospitalar aos doentes transportados por via marítima. A ambulância, que entre outros materiais de emergência disporá de um DEA – Desfibrilhador Automático Externo, será requisitada através do Centro de Orientação de Doentes Urgentes.

De acordo com o protocolo, os elementos dos Bombeiros Voluntários de Faro que irão tripular a ambulância receberão formação de TAE – Técnicos de Ambulância de Emergência.

A área de intervenção preferencial das duas ambulâncias do posto de emergência médica corresponde à dos Bombeiros Voluntários de Faro, podendo no entanto essa actuação ser alargada em situações excepcionais, como em casos cuja gravidade clínica implique a necessidade de intervenção de meios humanos mais treinados ou diferenciados, ou perante a inexistência temporária de veículos ou tripulação compatíveis com a emergência registada.

O posto de emergência médica será constituído ao abrigo do acordo de cooperação celebrado entre o INEM, a Autoridade Nacional de Protecção Civil e a Liga dos Bombeiros Portugueses, que estabelece os princípios e regras de enquadramento dos protocolos de constituição destes serviços e de postos de reserva.

Fonte: Governo Civil de Faro

imagem
Voltar
RSE - Area Cidadão