Apoio Psicológico a utentes e profissionais covid -19
banner_receitas poéticas
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_verao&saude_sns
banner_vacinacao_covid
covid_regras_2
banner_GABINETESAUDEMENTAL_covid19_3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Trabalho sobre Burnout e estilos de vida em profissionais de saúde do Algarve publicado na Alemanha

livro1.jpg«Burnout e estilos de vida em profissionais de saúde», é o tema do trabalho da autoria do Professor Dr. Eusébio Pacheco, Vogal do Conselho Directivo da ARS Algarve,IP e Docente da Universidade do Algarve e do Professor Dr. Saul Jesus da Universidade do Algarve, publicado num dos capítulos do livro «Stress and Anxiety. Application to Adolescence, Job Stress and Personality» que reúne diversos artigos científicos dedicados ao estudo do stress e ansiedade.

Os vários capítulos apresentados nesta obra analisam o stress e o coping em diferentes contextos, abordando questões relacionadas com o indivíduo em stress, as interacções entre este e o meio ambiente em que se insere e o impacto que esse stress pode causar no indivíduo, no grupo nas diferentes situações.

Editado pela Kathleen A. Moore and Petra Buchwald, o livro encontra-se focado em três partes: o stress, ansiedade e coping durante a adolescência, no emprego e na personalidade. A primeira parte é dedicada à adolescência e o stress na escola e nos grupos de risco. Na segunda parte aborda o stress e o burnout dos professores universitários, trabalhadores e os profissionais de saúde devido à tensão no trabalho. Por fim, a última parte dedica-se à personalidade, ansiedade e perfeccionismo como formas mediadoras do stress.

No capítulo nove surge o trabalho burnout e estilos de vida em profissionais de saúde médicos e enfermeiros do Algarve.

Este trabalho baseia-se na convicção de que o burnout e os estilos de vida estão associados, podendo interferir no bem-estar e na saúde.

Neste sentido, foi delineada uma pesquisa tendo como objectivo identificar e analisar os factores de burnout e os estilos de vida, e estabelecer uma relação entre estas variáveis.  

Dos resultados obtidos verifica-se que dos profissionais de saúde, cerca de 24% apresentam elevados níveis de exaustão emocional e que o estilo de vida nos profissionais de saúde influencia o burnout na sua dimensão exaustão emocional.

 

De referir que esta temática foi também abordada pelo Professor Dr. Eusébio Pacheco no passado dia 18 de Março no 10º congresso de Nursing neste caso sobre o burnout nos enfermeiros.

Link para artigo: «Burnout e estilos de vida em profissionais de saúde» 

Mais informações: Stress and Anxiety Research Society (STAR)

livro1.jpg«Burnout e estilos de vida em profissionais de saúde», é o tema do trabalho da autoria do Professor Dr. Eusébio Pacheco, Vogal do Conselho Directivo da ARS Algarve,IP e Docente da Universidade do Algarve e do Professor Dr. Saul Jesus da Universidade do Algarve, publicado num dos capítulos do livro «Stress and Anxiety. Application to Adolescence, Job Stress and Personality» que reúne diversos artigos científicos dedicados ao estudo do stress e ansiedade.

Os vários capítulos apresentados nesta obra analisam o stress e o coping em diferentes contextos, abordando questões relacionadas com o indivíduo em stress, as interacções entre este e o meio ambiente em que se insere e o impacto que esse stress pode causar no indivíduo, no grupo nas diferentes situações.

Editado pela Kathleen A. Moore and Petra Buchwald, o livro encontra-se focado em três partes: o stress, ansiedade e coping durante a adolescência, no emprego e na personalidade. A primeira parte é dedicada à adolescência e o stress na escola e nos grupos de risco. Na segunda parte aborda o stress e o burnout dos professores universitários, trabalhadores e os profissionais de saúde devido à tensão no trabalho. Por fim, a última parte dedica-se à personalidade, ansiedade e perfeccionismo como formas mediadoras do stress.

No capítulo nove surge o trabalho burnout e estilos de vida em profissionais de saúde médicos e enfermeiros do Algarve.

Este trabalho baseia-se na convicção de que o burnout e os estilos de vida estão associados, podendo interferir no bem-estar e na saúde.

Neste sentido, foi delineada uma pesquisa tendo como objectivo identificar e analisar os factores de burnout e os estilos de vida, e estabelecer uma relação entre estas variáveis.  

Dos resultados obtidos verifica-se que dos profissionais de saúde, cerca de 24% apresentam elevados níveis de exaustão emocional e que o estilo de vida nos profissionais de saúde influencia o burnout na sua dimensão exaustão emocional.

 

De referir que esta temática foi também abordada pelo Professor Dr. Eusébio Pacheco no passado dia 18 de Março no 10º congresso de Nursing neste caso sobre o burnout nos enfermeiros.

Link para artigo: «Burnout e estilos de vida em profissionais de saúde» 

Mais informações: Stress and Anxiety Research Society (STAR)

livro1.jpg
Voltar
RSE - Area Cidadão