Apoio Psicológico a utentes e profissionais covid -19
banner_receitas poéticas
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_verao&saude_sns
banner_vacinacao_covid
covid_regras_2
banner_GABINETESAUDEMENTAL_covid19_3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

UCC de Faro realizou acções de sensibilização e rastreios na Ilha da Culatra para assinalar «Mês de Maio, Mês do Coração»

ilhaculatra_ucc_faro_maio_2011_2.jpgSob o lema «o coração está nas tuas mãos», a Unidade de Cuidados na Comunidade de Faro, unidade integrante do ACES Central, em parceria com a Junta de Freguesia da Sé, Associação de Moradores da Culatra e o Núcleo de Faro da Cruz Vermelha Portuguesa, promoveram, no dia 12 de Maio de 2011, um conjunto de actividades de sensibilização e promoção da saúde e hábitos de vida saudável junto da população da Ilha da Culatra.

 

ilhaculatra_ucc_faro_maio_2011_2.jpgSob o lema «o coração está nas tuas mãos», a Unidade de Cuidados na Comunidade de Faro, unidade integrante do ACES Central, em parceria com a Junta de Freguesia da Sé, Associação de Moradores da Culatra e o Núcleo de Faro da Cruz Vermelha Portuguesa, promoveram, no dia 12 de Maio de 2011, um conjunto de actividades de sensibilização e promoção da saúde e hábitos de vida saudável junto da população da Ilha da Culatra.

 

 

ilhacultra_ucc_faro_maio_2011_4.jpgInseridas nas comemorações do «Mês de Maio, Mês do Coração», as acções de sensibilização decorreram durante a manhã no recinto desportivo da Associação do Culatrense com a realização de rastreios, e durante a tarde com acções de promoção de alimentação saudável na Escola Primária e Jardim de Infância locais e ainda com visitas domiciliárias aos utentes que se encontram acamados, com o objectivo alertar a população para a importância da prevenção das doenças cardiovasculares e simultaneamente promover hábitos e estilos de vida saudáveis quer nos adultos quer nas crianças.

 

ilhaculatra_uccfaro_maio_2011.jpgA população respondeu de forma positiva ao convite da organização para se deslocar até ao recinto da Associação Desportiva Culatrense, onde se encontravam vários stands das diversas colectividades locais e no meio de «muita animação», os técnicos de saúde da Unidade de Cuidados na Comunidade de Faro, assim como da Cruz Vermelha Portuguesa do Núcleo de Faro, realizaram rastreios ao colesterol, glicemia, tensão arterial, avaliação do índice de massa corporal e simultaneamente prestaram esclarecimentos e aconselhamentos sobre a importância de uma alimentação saudável e equilibrada conciliada com a prática de actividade física regular.

 

ilhaculatra_ucc_faro_maio_2011_3.jpgAo mesmo tempo que decorreram os rastreios, sempre animados pela presença da «Dra Pan» dos Hospalhacitos do Algarve (voluntários animadores para a saúde), as pessoas que se encontravam no local tiveram ainda oportunidade de realizar uma aula de ginástica e aeróbica promovida por uma professora de educação física convidada pela Junta de Freguesia da Sé e no final assistiram ao concurso de sopas promovido pelo Centro Social da Ilha da Culatra com o objectivo de chamar a atenção para importância do consumo diário de sopa.

 

A Enf. Patrícia Grelha da UCC de Faro, uma das principais impulsionadoras desta actividade, mostrou-se bastante satisfeita com a adesão das pessoas a esta iniciativa, sublinhando que a realização deste «dia interactivo» com a população da Ilha da Culatra é um «exemplo do que deve ser a enfermagem comunitária», «nós temos de sair dos gabinetes ir ao encontro da população e das necessidades da comunidade». Opinião partilhada pela Enf. Ana Rita Morgadinho, da UCC de Faro, que sublinha que estas acções «ajudam-nos a conhecer melhor a realidade da comunidade e isso permite-nos fazer uma educação para a saúde muito mais benéfica para as pessoas».

 

ilhaculatra_maio_2011_uccfaro.jpgPor seu lado o secretário da Junta de Freguesia da Sé, Fernando Dourado, salientando a importância deste tipo de iniciativas «para que as pessoas se sintam apoiadas e saberem que alguém se interessa por elas» agradeceu a disponibilidade dos profissionais da UCC de Faro pela participação na organização destas actividades.  

 

No mesmo âmbito, a Presidente da Associação de Moradores da Ilha da Culatra, Sílvia Padinha, defendeu que «este isolamento físico que temos por sermos uma ilha» só pode ser «quebrado» com este tipo de acções e por isso, mostrou-se disponível para «apoiar e incentivar no futuro mais actividades deste tipo, sempre importantes para a promoção da saúde da população.»

ilhaculatra_ucc_faro_maio_2011_2.jpg
Voltar
RSE - Area Cidadão