Apoio Psicológico a utentes e profissionais covid -19
banner_receitas poéticas
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_verao&saude_sns
banner_vacinacao_covid
covid_regras_2
banner_GABINETESAUDEMENTAL_covid19_3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Unidade Média Duração e Reabilitação de Tavira disponibiliza mais 20 camas

Realizou-se a 21 de Dezembro nas antigas instalações da Unidade de Internamento do Centro de Saúde de Tavira a cerimónia de celebração do acordo entre a ARS Algarve,I.P, o Centro Distrital da Segurança Social de Faro e a Cruz Vermelha Portuguesa para a gestão da nova Assinatura de acordo Unidade de Internamento em Média Duração e Reabilitação de Tavira.

Com a celebração deste acordo, dá-se continuidade à implementação da Rede Nacional de Cuidados Continuados na Região do Algarve para 2007/2008, sendo que com mais estas 20 camas da nova  a região passa a dispor de 159 camas de cuidados continuados, num total de 189 previstas até final do 1º trimestre de 2008.

Estas 20 camas da  permitem ainda uma ampliação da capacidade de resposta nesta área, dado que até ao momento a Rede Nacional Cuidados Continuados Integrados na Região do Algarve dispunha de 23 camas nesta tipologia em Portimão, passando agora a dispor de 43.

De referir que o aumento do número de camas, a criação de mais equipas de cuidados continuados integrados ao nível do apoio domiciliário em saúde, a aquisição de viaturas e material/equipamentos considerado indispensável para o desenvolvimento deste tipo de cuidados, a implementação de um sistema de informação para as Equipas de Cuidados Continuados da região através da celebração de um protocolo entre a ARS Algarve e a PT Comunicações, são algumas das medidas que constam no Plano de Implementação da Rede Nacional de Cuidados Continuados na Região do Algarve para 2007/2008 apresentado no passado dia 9 de Novembro.

Unidade de Internamento de Média duração e Reabilitação de TaviraNeste sentido, a implementação da Rede Nacional de Cuidados Continuados na Região do Algarve para 2007/2008 contempla ainda uma forte aposta ao nível do alargamento das equipas de cuidados continuados integrados domiciliários, com vista à promoção da autonomia dos utentes, de modo a permitir-lhes a sua manutenção no domicilio, garantindo, assim, em simultâneo, a continuidade dos cuidados continuados em saúde dos mesmos.

O início do próximo ano será também marcado pelo aparecimento no Algarve de 14 camas destinadas exclusivamente a cuidados paliativos, com pessoas formadas na área. Sete camas de cuidados paliativos vão ser instaladas no Hospital Distrital de Faro e a outra metade vai ficar no Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio.

No decorrer da sessão, o Presidente da ARS Algarve,I.P. destacou que o grande desafio para 2008 e 2009 é «convidar as Instituições Particulares de Solidariedade Particular (IPSS), que vão ter programas de incentivos próprios, para a construção de novos Assintura acordo Unidade de Internamento de Média Duração e Reabilitação de Taviraequipamentos» e contar com «ajuda das autarquias».

O Dr Rui Lourenço frisou que o crescimento nesta área é importante não só «em termos de trabalho, mas também em termos de formação», salientando que «nós trabalhamos com troca de informação não só a nível nacional, mas enquanto ARS estamos muito interessados em manter uma troca de informação com a região espanhola da Catalunha que nos têm dado apoio em termos de modelo e portanto estamos convencidos que esta é uma área em que futuramente vamos ter muitas pessoas formadas».

O Presidente da ARS Algarve, I.P. garantiu ainda que em breve todos os concelhos algarvios vão estar abrangidos pela rede de Cuidados Continuados Integrados.


Plano de Implementação da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados na Região do Algarve 2007/2008

Realizou-se a 21 de Dezembro nas antigas instalações da Unidade de Internamento do Centro de Saúde de Tavira a cerimónia de celebração do acordo entre a ARS Algarve,I.P, o Centro Distrital da Segurança Social de Faro e a Cruz Vermelha Portuguesa para a gestão da nova Assinatura de acordo Unidade de Internamento em Média Duração e Reabilitação de Tavira.

Com a celebração deste acordo, dá-se continuidade à implementação da Rede Nacional de Cuidados Continuados na Região do Algarve para 2007/2008, sendo que com mais estas 20 camas da nova  a região passa a dispor de 159 camas de cuidados continuados, num total de 189 previstas até final do 1º trimestre de 2008.

Estas 20 camas da  permitem ainda uma ampliação da capacidade de resposta nesta área, dado que até ao momento a Rede Nacional Cuidados Continuados Integrados na Região do Algarve dispunha de 23 camas nesta tipologia em Portimão, passando agora a dispor de 43.

De referir que o aumento do número de camas, a criação de mais equipas de cuidados continuados integrados ao nível do apoio domiciliário em saúde, a aquisição de viaturas e material/equipamentos considerado indispensável para o desenvolvimento deste tipo de cuidados, a implementação de um sistema de informação para as Equipas de Cuidados Continuados da região através da celebração de um protocolo entre a ARS Algarve e a PT Comunicações, são algumas das medidas que constam no Plano de Implementação da Rede Nacional de Cuidados Continuados na Região do Algarve para 2007/2008 apresentado no passado dia 9 de Novembro.

Unidade de Internamento de Média duração e Reabilitação de TaviraNeste sentido, a implementação da Rede Nacional de Cuidados Continuados na Região do Algarve para 2007/2008 contempla ainda uma forte aposta ao nível do alargamento das equipas de cuidados continuados integrados domiciliários, com vista à promoção da autonomia dos utentes, de modo a permitir-lhes a sua manutenção no domicilio, garantindo, assim, em simultâneo, a continuidade dos cuidados continuados em saúde dos mesmos.

O início do próximo ano será também marcado pelo aparecimento no Algarve de 14 camas destinadas exclusivamente a cuidados paliativos, com pessoas formadas na área. Sete camas de cuidados paliativos vão ser instaladas no Hospital Distrital de Faro e a outra metade vai ficar no Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio.

No decorrer da sessão, o Presidente da ARS Algarve,I.P. destacou que o grande desafio para 2008 e 2009 é «convidar as Instituições Particulares de Solidariedade Particular (IPSS), que vão ter programas de incentivos próprios, para a construção de novos Assintura acordo Unidade de Internamento de Média Duração e Reabilitação de Taviraequipamentos» e contar com «ajuda das autarquias».

O Dr Rui Lourenço frisou que o crescimento nesta área é importante não só «em termos de trabalho, mas também em termos de formação», salientando que «nós trabalhamos com troca de informação não só a nível nacional, mas enquanto ARS estamos muito interessados em manter uma troca de informação com a região espanhola da Catalunha que nos têm dado apoio em termos de modelo e portanto estamos convencidos que esta é uma área em que futuramente vamos ter muitas pessoas formadas».

O Presidente da ARS Algarve, I.P. garantiu ainda que em breve todos os concelhos algarvios vão estar abrangidos pela rede de Cuidados Continuados Integrados.


Plano de Implementação da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados na Região do Algarve 2007/2008

Voltar
RSE - Area Cidadão