rastreio retinopatia diabética
Banner_SemanaTeste_2022
banners_antibioticos2022
i035812
folheto_rastreio_retinopatia_BANNER2
banners_site2017_mamografia3
banner_obrigado_covid19
previous arrow
next arrow

Viaje sempre com o Cartão Europeu de Seguro de Doença

Fotografia do CSDESSe vai de férias, em viagem de negócios, tirar uns dias para descansar ou estudar, para um dos 27 Estados-Membros da União Europeia, Espaço Económico Europeu ou Suíça, faça-se acompanhar do Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD), com ele irá poupar tempo, transtornos e dinheiro se ficar doente ou sofrer ferimentos durante a sua permanência no estrangeiro. O CESD é fornecido gratuitamente pela Segurança Social e permite beneficiar de assistência médica, em caso de necessidade, em qualquer um dos Estados Membros.

 

Fotografia do CSDESSe vai de férias, em viagem de negócios, tirar uns dias para descansar ou estudar, para um dos 27 Estados-Membros da União Europeia, Espaço Económico Europeu ou Suíça, faça-se acompanhar do Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD), com ele irá poupar tempo, transtornos e dinheiro se ficar doente ou sofrer ferimentos durante a sua permanência no estrangeiro. O CESD é fornecido gratuitamente pela Segurança Social e permite beneficiar de assistência médica, em caso de necessidade, em qualquer um dos Estados Membros.

 

O CESD permite ao titular obter os cuidados de saúde que se tornem clinicamente necessários (cuidados imediatos) durante uma estada noutro Estado-Membro, tendo em conta a natureza das prestações e a duração prevista dessa estada, garantindo o mesmo acesso aos cuidados de saúde do sector público (ou seja, um médico, uma farmácia, um hospital ou um centro de saúde) que os cidadãos do país que está a visitar.

Se for necessário receber tratamento médico num país em que os cuidados de saúde não sejam gratuitos, o portador do cartão será reembolsado imediatamente ou mais tarde, quando regressar ao seu país. A ideia é receber os cuidados de que necessita para permitir a continuidade da sua estada.

No entanto, é importante referir que o cartão não cobre os custos de cuidados de saúde no estrangeiro caso a sua viagem tenha como objectivo obter tratamentos para uma doença ou lesões que já tinha antes de viajar.

O cartão não abrange igualmente prestadores de cuidados de saúde do sector privado.

Mais informações: 

Como obter o Cartão Europeu de Seguro de Doença 

Ver Vídeo da Campanha da Comissão Europeia de promoção das vantagens do Cartão Europeu de Seguro de Doença : «Um Verão tórrido O que pode acontecer quando menos se espera…»

Fotografia do CSDES
Voltar
RSE - Area Cidadão